Loading...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Dicas para tirar maior proveito da corrida



1. Faça um exame médico 
Antes de sair andando ou correndo por aí, consulte um cardiologista e um ortopedista. O primeiro vai analisar a quantas anda seu sistema cardiovascular e o segundo dará uma boa olhada no aparelho locomotor, observando, por exemplo, se os joelhos estão em boas condições para a atividade que você pretende fazer. Um bom professor de educação física costuma sugerir essas visitas aos especialistas, antes mesmo de planejar o treino propriamente dito. 

2. Invista em equipamentos de qualidade 
“Um par de tênis com sistema de amortecimento diminui o impacto da pisada e protege as articulações, ensina Ricardo Cury, ortopedista e professor do Grupo de Cirurgia do Joelho e Trauma Esportivo da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. E, em vez de peças de algodão, prefira short e camiseta de tecido sintético, que facilitam a perda de calor, são mais leves e, por isso mesmo, mais confortáveis. 

3. Alongue-se 
Esse tipo de exercício é fundamental para aumentar a flexibilidade das pernas e preparar os músculos para a atividade física propriamente dita. Mas atenção com o alongamento depois da prática esportiva — ele deve ser leve para não ultrapassar os limites do corpo. Lembre-se: após a atividade física, há um desgaste natural em todo o corpo. Então, se você não pegar leve no estica-e-puxa, podem ocorrer microlesões. 

4. Hidrate-se 
Quem pretende caminhar ou correr precisa criar o hábito de beber bastante água, até porque ela vai sendo perdida conforme nos exercitamos. E, em percursos mais longos, leve um cantil para não ficar com o tanque vazio. 

5. Escolha o melhor local e… 
Especialmente para quem está começando, um terreno muito duro, irregular ou íngreme contribui para problemas nas articulações. A pessoa força uma determinada região e pode, por exemplo, desenvolver uma tendinite ou uma torsão, explica Cláudio Pavanelli, fisiologista do esporte da Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp. Por isso, prefira a grama ou até mesmo a esteira, se você ainda não está acostumado a dar voltas e voltas pelo bairro. Ah! os cantos de ruas, perto das valetas, geralmente são inclinados. Então, evite-os para não sofrer uma sobrecarga nos joelhos. 

6. … o melhor horário 
Prefira os períodos do dia com temperatura mais amena. O calor excessivo acaba limitando seu treinamento. Outra coisa: é melhor sair por aí quando houver trânsito menos intenso. Assim, você faz seu exercício com mais segurança e menos poluição. Seus pulmões agradecem. 

7. Atenção na posição dos braços 
O ideal é que você deixe os antebraços paralelos ao solo. Isso quer dizer que, no plano, eles devem ficar em um ângulo de 90o em relação ao resto do corpo. Repare, porém, que, ao subir, a postura muda. Assim, você ganha equilíbrio, o que torna todos os outros movimentos mais harmônicos. 

8. Olha o sinal vermelho! 
Esse é um obstáculo inevitável para quem corre pelas ruas da cidade. E a ordem é não ficar parado. Por isso, quando não for possível prosseguir, dê pequenas voltas enquanto aguarda a luz verde. Ou vá até determinado ponto da calçada e retorne. 

9. Respire direito É simples assim: inspire pelo nariz e expire pela boca. Só que, ao imprimir um ritmo mais veloz ao exercício, acaba-se abrindo a boca na hora errada para levar mais ar para os pulmões. Isso pode ser evitado — basta não acelerar mais do que o habitual. 

10. Tome um banho frio Após a atividade física, alongue-se levemente mais uma vez, como o recomendado no item 3, e fique embaixo da água em temperatura baixa. Uma ducha fria evita a inflamação dos músculos, relaxa a região e minimiza as dores, sugere Ricardo Cury.
Fonte: Saúde Abril

Reforço no Natal Corridas

 O amigo Marck Mandu, corridor da equipe Gnus Running, agora também é colaborador aqui no blog a partir de agora na  edição de postagens. É com satisfação que recebemos o amigo que sempre primou pela boa qualidade de informações nas postagens de corridas de rua das redes sociais.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Circuito das Estações - 2016


Aberta temporada do Circuito das Estações 2016. Circuito charmoso, ótimas provas, kit de primeira qualidade e muito bem organizado. Etapas em Salvador, Fortaleza e Recife. Vale a pena conferir.

Salvador - 20.03.2016
Fortaleza - 03.04.2016
Recife - 10.04.2016


Inscrições pelo site:  http://circuitodasestacoes.ativo.com/

.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Musculação aumenta o desempenho do corredor?


Musculação, crossfit, treinamento funcional, pilates e core training são técnicas bem difundidas de fortalecimento que muitas vezes são “vendidas” como solução, para melhorar o desempenho e evitar lesões do corredor e triatleta.
Vamos analisar o quanto isso é verdadeiro e diferenciar uma da outra, pois existe uma supervalorização quando se fala em fortalecimento de abdômen, o que de certa forma pode atrapalhar o rendimento e até mesmo levar a lesões.
A musculação sempre que bem executada é uma solução simples e prática para o fortalecimento dos músculos e na maior parte dos casos, dá a sensação de maior segurança durante a corrida. Sem dúvida isto ajuda a evitar lesões, por preparar o tecido muscular para aguentar cargas de maior intensidade, mas apesar de o aparelho direcionar o movimento e parecer pouco perigoso existem alguns pontos não tão favoráveis.
Quando mal orientada a musculação pode causar desequilíbrios musculares e impactos articulares levando a lesões. Outro ponto contra é o fato de ser uma atividade de baixa especificidade para corrida, pois se sabe que no treinamento de qualquer função é importante o desenvolvimento de padrões neurais, que favoreçam a atividade principal.
Atividades mais dinâmicas como crossfit, pilates e treinamento funcional podem ser moldadas para desenvolver competências físicas mais específicas para a corrida e triathlon, por serem técnicas que estimulam padrões neurais complexos e pela diversidade de treinos possíveis. Estes são treinamentos que podem aumentar ainda mais a performance dos atletas comparado a musculação, mas devemos considerar alguns cuidados.

O conceito do core training e do pilates, ou seja, de desenvolver a região de abdômen considerando-o como uma caixa de proteção, “power house”, segundo algumas linhas de pilates, se baseia no fato de que ao fortalecermos os músculos profundos do abdômen (M. Transverso do abdômen), profundos da lombar (M. Multifídios), assoalho pélvico (M. Períneo) e tendo o diafragma como teto (músculo respiratório), teremos uma caixa de força com otimização da estabilidade do segmento tronco-pelve, o que teoricamente protege as estruturas articulares de estresses em suas estruturas. 
A verdade é que segundo estudos realizados nos últimos anos, tem-se comprovado que o fato de o abdômen ser mais forte ou mais fraco, não interfere na tendência de ter dores lombares ou de desenvolver melhor desempenho. O que é ressaltado como relevante é o equilíbrio muscular, a proporcionalidade perfeita entre os músculos, a especificidade dos treinos e a mobilidade articular.
O excesso de fortalecimento de músculos abdominais pode causar uma solicitação da cadeia muscular oposta (músculos da lombar) para compensar, o que vai cada vez mais provocar uma compressão dos discos intervertebrais e consequente dor. Isso pode ser ainda agravado pelas lipoaspirações e abdominoplastias, muito comuns mesmo entre corredores.
A dica é manter o equilíbrio muscular com atividades bem direcionadas pelo professor ou fisioterapeuta e seguir uma alimentação equilibrada para estimular a digestão saudável. Massagear o abdômen é uma dica interessante também, pois diminui estas retrações e estimula o intestino a funcionar melhor, na dúvida de como fazer esta massagem sempre con
Claudio Cotter - webrun.com

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

6º Desafio Capiba


6º Desafio Capiba
Dia: 3 de abril
Horário: 7 h
Local: Complexo Capiba em Nisía Floresta
Cross Country 5 Km- Bike 12km - Duathlon
Inscrição: https://www.eventbrite.com.br/e/6o-desafio-capiba-tickets-20972043948
 


Corrida do Advogado em Maio





Corrida da Carreira Jurídica
Dia: 22 de maio
Percurso: 6 e 12 Km
 A CAARN - Caixa de Assistência dos Advogados do RN, promote um diferencial nesta competição,  que não  não será uma corrida de rua nos moldes tradicionais e ocorrerá  em ambiente agradável e seguro que a Base Aérea de Natal oferece para a prática desportiva

Corrida da Ascorpar

Dia: 5 de março
Local: Parnamirim
Percurso: 5 Km
Vagas: 200
inscrição de 27/0a a 04/03 no site: www.eventbrite.com.br
Valor: 45

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Corrida Rústica de Riachuelo





CORRIDA RÚSTICA DE RIACHUELO

Dia: 26 de  março
Informações: Rener. 998482266 e 987913661 e por email: educado1976@yahoo.com.br
Obs: a cidade de Riachuelo esta a 80 Km de Natal 


.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A quem interessar: Calendário de Corridas em Alagoas



A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Alagoas (Semel) lançou  o Calendário de Corridas de Rua de Alagoas 2016, com coordenação regional da Federação Alagoana de Atletismo (Faat). Estão confirmadas quase 60 corridas, distribuídas de janeiro a dezembro, na capital e no interior de Alagoas.

para visualizar as provas, clique aqui



segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Kit da Potiguares Race - Etapa Carcará



Dia: Quinta e sexta, 28 e 29 de janeiro

Horário: 11 as 19 h

Obs: Para inscrição por equipes, é permitido  apenas um dos integrantes para retirar o kit 

.

3º Corridas da Mulheres






III Corrida das Mulheres

Dia: 13 de Março

Horário: 7 h

Largada: Praça do Conjunto Amarante em São Gonçalo do Amarante

Informação e inscrição: Ana Ize 84 98864 5880


.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

3º Maratona Mossoró / Tibau em janeiro





REGULAMENTO DA MARATONA DE REVEZAMENTO:

SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER
REGULAMENTO GERAL DA 3ª MARATONA DE REVEZAMENTO “MOSSORÓ/TIBAU”- 2016
CAPITULO I
DOS OBJETIVOS
Art. 1º - A Terceira Maratona de revezamento denominada de “MARATONA DE REVEZAMENTO MOSSORÓ/TIBAU”, é um projeto da Prefeitura Municipal de Mossoró – Gabinete do Prefeito,
juntamente com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com parceria da Prefeitura Municipal de Tibau, Execução da Gerência Executiva de Esporte e Lazer, tendo como objetivo Geral, despertar o
interesse da prática Desportiva para o bem estar do cidadão, buscando a integração da população e contribuindo para a difusão do esporte junto a comunidade Mossoroense, para melhoria da
qualidade de vida e da saúde dos praticantes desta modalidade de atletismo.
CAPITULO II
DA ABRANGÊNCIA
Art. 2º - A Maratona de Revezamento Mossoró/Tibau, será abrangente aos atletas corredores de ambos os sexos e pessoas que se acharem capazes fisicamente de participar de uma maratona de 42
km.
Art. 3º - A III Maratona de Revezamento Mossoró/Tibau, será realizada por equipes formadas por cinco atletas (masculino ou feminino, sendo Local e Aberta), equipes Mista/Local (Equipe composta por
4 homens e 1 mulher) e duplas masculina local;
As equipes formadas por cinco atletas, correrão cada um a distância demarcada pela Organização da Prova que será a seguinte: A Maratona de 42 km, será dividida em 05 polos sendo o
1.
primeiro 7,8km, o segundo 7,5km, o terceiro 10km, o quarto 8,8km e o quinto 8,1km que fará assim 42 km.
As equipes formadas por duplas correrão cada um a distância demarcada pela Organização da Prova que será a seguinte: a Maratona será de 42 km, dividida em 02 polos sendo o primeiro
2.
21 km e o segundo com também 21 km.
CAPITULO III
DA PROVA
Art. 4º - A Prova será em formato de revezamento e com utilização de pulseiras, cada equipe terá uma pulseira, que em cada polo passará para seu colega de equipe e assim sucessivamente até o
último chegar e entregar a pulseira aos fiscais na chegada da vizinha cidade de Tibau.
Art. 5º - Em cada polo, haverá uma tenda armada onde ficarão os atletas e dois fiscais esperando receber a pulseira de seu companheiro para entregar ao seguinte e assim até que chegue no quinto
atleta de sua equipe.
Art. 6º- O Atleta não poderá dar largada sem receber a pulseira do seu colega de equipe que o entregará logo que chegar, este receberá e correrá, fazendo a mesma coisa no posto seguinte. O Atleta
que vai receber a pulseira poderá receber antes ou depois 100 metros do ponto em que ele está.
Art. 7º - Ao chegar em Tibau, estará montado uma tenda com uma equipe de fiscais e um corredor feito com cones, onde haverá um pórtico com uma faixa de chegada, daí entregará a pulseira e o fiscal
anotará a classificação da equipe.
Art. 8º - O posto número 01- Saída - será em frente à praça de esportes da Avenida Rio Branco – Bairro centro, defronte ao Jornal de Fato.
Art. 9º - O segundo posto será com 7,8 km de distância do primeiro na BR 304. O Terceiro posto será com distância de 7,5 km do segundo, o quarto posto será com 10 km distante do terceiro, o quinto
posto será distante 8,8 km do quarto e o último posto será a chegada em Tibau.
Art. 10º - Para os atletas em dupla a TENDA DE TROCA, estará posicionada no 8º PONTO DE ÁGUA, completando o primeiro trecho de 21 km, atendendo todas as orientações do Art. 6º.
Art. 11º - Haverá em todo percurso, de três em três km, posto de abastecimento de água para quem estiver participando, a comissão Organizadora não terá obrigação de dar água a quem acompanha
os atletas e/ou familiares.
CAPITULO IV
DAS INSCRIÇÕES
Art. 12º - Poderá se inscrever para a Maratona de Revezamento Mossoró/Tibau, todo e qualquer atleta que se encontre em condições físicas gozando de saúde para este fim e que estejam inscritos por
equipe de cinco atletas ou por equipe de dois atletas.
Art. 13º - No ato da inscrição a equipe deverá apresentar os documentos pessoais: Conta Bancária (possível premiação), RG, CPF, PIS, Endereço (do capitão de cada equipe), Comprovante de
residência (atleta Local) Taxa de R$ 10,00 e 1 Kit Limpeza (1 litro de água sanitária, 1 litro detergente, 1 litro desinfetante e 1 pacote de 500g de sabão em pó) que será doada a uma entidade
beneficente, a Taxa de Inscrição e o Kit Limpeza será efetuado de forma individual (por atleta). A ficha de inscrição poderá ser efetuada pelo representante de cada equipe.
Art. 14º - O Atleta poderá participar com 18 anos, desde que cumpra com o enunciado no art. 12.
Art. 15º - As Inscrições serão feitas no Ginásio de Esporte Engenheiro Pedro Ciarlini Neto na Avenida Dix-Neuf Rosado S/N, Centro, nos horários de 08:00 h as 11:00 h e das 14:00 h as 17:00 h de
segunda a sexta-feira no período de 18 à 29 de Janeiro de 2016.
Art. 16º - As Inscrições encerrarão às 17:00 h do dia 29 de janeiro, sendo o congresso técnico da prova no mesmo dia as 18:00 h tendo como local o Auditório do Ginásio de Esportes Eng. Pedro
Ciarlini, a prova acontecerá no dia 30 de Janeiro com saída as 06:00 h da Praça de Esportes da Avenida Rio Branco, com 15 minutos de tolerância.
Art. 17º - Cada Equipe será responsável pela sua indumentária de identificação e de uso na prova (Ex: tênis, camisa, soquetes), o número de identificação e a pulseira será fornecida pela organização
que será entregue na reunião do Congresso Técnico.
Art. 18º - No ato de inscrição será explicado onde será a colocação da pulseira, pois este deverá passar por todos os cinco participantes que utilizarão em seus pontos de largada até que o quinto atleta
receberá para entregar na chegada, da mesma forma ocorrerá com as equipes que correrão em duplas. Será eliminada a equipe que seu atleta que correr por último sem a pulseira.
CAPITULO V
DA PREMIAÇÃO
Art. 19º - Só Haverá premiação para ambos os sexos se houver no mínimo quatro equipes inscritas e será feito a premiação entregue a menos um (exemplo: no caso existir 06 equipes inscritas, só
serão premiadas 05 equipes, se houver 04 inscritas, só serão premiadas 03. No caso de não atingir o número mínimo de equipe, a prova (premiação) será cancelada e ocorrerá a junção do Aberto com
o Local). No caso de comprovação do atleta local será considerado o atleta que apresentar o comprovante de residência no nome do mesmo (atleta) ou dos seus genitores, Título de Eleitor e/ou
Declaração da Justiça Eleitoral, que o mesmo é eleitor da cidade de Mossoró e/ou Tibau.
A premiação será Medalhas e uma Carta de Crédito, referente ao valor da premiação, através de depósito bancário, que terá um prazo de pagamento de até 150 (cento e cinquenta) dias,
1.
após a realização do evento.
Ocorrerá Medalhas de participação para os demais atletas que não forem vencedores das premiações declinadas no item anterior.
2.
Art. 20º - A equipe quinteto mista local será composta por 04 (quatro) homens e 01 (uma) mulher e o percurso do trecho de troca de pulseira que a mulher correrá ficará a critério de cada equipe.
Art. 21º - As provas serão efetuadas, no masculino e feminino, tanto local quanto aberto, atendendo 
ao disposto do Art. 19.
PREMIAÇÃO EQUIPES DUPLAS
Premiação 1º Lugar Dupla Masculino/Local
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Dupla Masculino/Local
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Dupla Masculino/Local
R$ 300,00 + MEDALHAS
PREMIAÇÃO EQUIPES MISTA-LOCAL
Premiação 1º Lugar Mista/Local
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Mista/Local
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Mista/Local
R$ 300,00 + MEDALHAS
PREMIAÇÃO EQUIPES QUINTETO
Premiação 1º Lugar Aberto Masculino
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Aberto Masculino
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Aberto Masculino
R$ 300,00 + MEDALHAS
Premiação 1º Lugar Local Masculino
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Local Masculino
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Local Masculino
R$ 300,00 + MEDALHAS
Premiação 4º Lugar Local Masculino
R$ 200,00 + MEDALHAS
Premiação 5º Lugar Local Masculino
R$ 100,00 + MEDALHAS
Premiação 1º Lugar Aberto Feminino
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Aberto Feminino
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Aberto Feminino
R$ 300,00 + MEDALHAS
Premiação 1º Lugar Local Feminino
R$ 800,00 + MEDALHAS
Premiação 2º Lugar Local Feminino
R$ 500,00 + MEDALHAS
Premiação 3º Lugar Local Feminino
R$ 300,00 + MEDALHAS
CAPITULO VI
DAS PUNIÇÕES
Art. 22º - Será eliminada da competição toda a equipe que um de seus componentes utilizarem de meios ilícitos antes, durante e depois da corrida (ex: Empurrar, calçar, derrubar, ultrapassar o corredor
de chegada, segurar o adversário retardando sua saída) para isso temos fiscais nos postos e no decorrer do percurso os quais todos terão autoridades para eliminar a equipe em sua agressão e
principalmente quando se constatar mudança de atleta no percurso.
CAPITULO VII
DOS CASOS OMISSOS
Art. 23º - O regulamento será publicado no Jornal Oficial do Município - JOM, cabendo a cada equipe fazer a consulta no referido Jornal e fazer a leitura do regulamento, dessa forma não será cabível
dizer que não houve conhecimento do regulamento, visto a publicidade que foi feita no Jornal do Oficial do Município (JOM), com antecedência de 45 (quarenta e cinco) dias para o início da competição.
Art. 24º - A Equipe que se sentir prejudicada durante a prova, poderá apresentar recurso ao Diretor da Prova, pessoalmente ou através de seu representante legal, de forma individual e respeitosa, logo
que ultrapassar a linha de chegada. Este recurso deverá ser por escrito, apresentada até 15 (quinze) minutos após divulgação oficial dos resultados, acompanhada de uma taxa de R$ 100,00 (cem
reais).
1. O desconhecimento do regulamento não será aceito como justificativa, em hipótese alguma.
2. Caso a reclamação seja aceita pela Direção da Prova, o pagamento efetuado será devolvido.
3. Toda e qualquer decisão será tomada pela Comissão formada pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.
Art. 25º - Foi criada uma comissão, com poder de decisão, para resolver qualquer caso de irregularidade antes, durante e depois da prova e demais casos omissos a esse regulamento.
Mossoró, 11 de dezembro de 2015.
Abraão Dutra Dantas
Secretário Municipal de Esporte e Lazer