Loading...

segunda-feira, 30 de março de 2015

Quando a corrida tem que parar





 http://1.bp.blogspot.com/-o52KTFC1eJE/TsVpT5foIWI/AAAAAAAAAEo/eTPzwHQkfGw/s1600/cansado3.jpg
Não há dúvida que todo corredor ou esportista em geral já se sentiu cansado durante a atividade a ponto de ter que reduzir ou parar o exercício. Seja amador ou profissional, a fadiga é uma companheira, quase que inseparável, do atleta. Os fisiologistas a definem como a incapacidade de manter uma determinada potência.

Ainda que a fadiga possa representar um castigo ao corpo, ela é, literalmente, uma salva-vida. É um mecanismo de segurança que desliga a energia quando nossa mente consciente rejeitou as pistas gentis ou severas do destino impedido. Ao fazê-lo, a fadiga previne que nossas próprias atividades metabólicas causem um dano ao nosso corpo. O treinamento amplia estes limites ao modificar o músculo, pela manipulação do metabolismo e pelas mudanças das abordagens mentais, mas nunca pode eliminá-los.

A idéia de que a fadiga ocorre simplesmente devido a “estar sem energia” é muito ingênuo para ter algum valor. Sabe-se que são inúmeros fatores fisiológicos e psicológicos que estão relacionados ao aparecimento da fadiga. Além disso, existem muitas outras razões para a incapacidade de correr- um músculo lesado, um tornozelo dolorido, um pé machucado, hipertermia e uma infecção viral são alguns exemplos.

Portanto, é extremamente importante que o corredor conheça e respeite sempre os sinais do seu corpo, evitando esforços desnecessários e praticando o esporte de forma segura e prazerosa. Lembrando, que a fadiga excessiva deve ser vista como sinal de atenção para a prevenção de danos ao organismo.

 http://www.minhacorrida.com/

domingo, 29 de março de 2015

Meia do Sol em novembro, inscrições já iniciadas


A Meia Maratona do Sol de 2015 será realizada em 7 de novembro, porém a organização já disponibiliza as inscrições a partir deste mês.

site: www.meiadosol.com.br

segunda-feira, 23 de março de 2015

Nesta segunda 23, inicia as inscrições da Corrida Choqueno




As Inscrições para III Corrida Choqueano, inicia nesta segunda-feira, dia 23 de março e se estender até a sexta-feira dia 10 de abril, e será somente presencial na Companhia de Patamo - Batalhão de Choque da PMRN, que fica na Av. Miguel Castro, sn - Lagoa Nova, ali próximo ao bar Seis em Ponto. A inscrição custa 25  1 KG de alimento.

A corrida será,no sábado dia 11 de abril as 16 horas e terá o percurso de 6 Km saindo da própria Cia da PMRN e seguirá em direção ao Arena das Dunas.

Outras Informações: 84 3232 7654/ 1029 e 9407 1609

sábado, 21 de março de 2015

Ultima semana de inscrição: 5º Desafio Capiba



Um domingo de aventura para não esquecer...

29 de Março às 7 h

Corrida Country - Bike  - Duathlon


ULTIMA SEMANA DE INSCRIÇÃO


NO SITE: Até 24/março

https://inscricoes.focoradical.com.br/prova/389-5o-desafio-capiba

APÓS : Com Carlos Camboim
 
+ Opções:
  -Hospedagem no complexo Capiba a partir da sexta-feira -Café da manhã opcional + informações:  https://www.facebook.com/desafiocapiba.desafiocapiba?fref=ts

sexta-feira, 20 de março de 2015

Para sempre corredor


Alguns corredores não entendem bem o motivo que os leva a correr e não conseguem fazer isso sem afobação, em equilíbrio
Foto: Shutterstock
Se a corrida fornece aquele algo a mais em nossa vida, então por que não praticá-la por toda a nossa existência? Se ela nos faz tão bem, nos deixa tão dispostos e com sede de viver, por que não fazê-la de forma leve e prazerosa para não danificar nossas articulações e músculos?
Infelizmente, têm pessoas que ainda não entenderam bem o motivo que as leva a correr e não conseguem fazer isso sem afobação, em equilíbrio. Parece que sentem uma necessidade de se quebrar por inteiro, fazer do esporte um massacre ao seu corpo. Vejo nos parques as pessoas correndo desesperadamente, como se o importante fosse chegar à frente. Nas competições, então, é uma lástima. Elas não conseguem correr curtindo cada detalhe da prova ou cada momento daquele instante tão singular que a competição oferece. Parece que não estão lá para aproveitar aquele momento sagrado de oração ao corpo, mas sim para dar passadas que não se sustentam, atingir uma velocidade exagerada e ficar no sufoco, maltratando seu organismo e até mesmo deprimindo o próprio sistema imunológico.
Com exceção dos profissionais, que fazem isso por obrigação, os demais não devem procurar bater recordes. Correr muito rápido, acima de suas possibilidades, é um verdadeiro desastre. O atleta pode acabar tendo uma vida de corredor curta, porque dentro de no máximo dez ou 20 anos seu corpo estará completamente destruído.
As pessoas necessitam entender que correr é uma graça de Deus e que, portanto, devem ser mais responsáveis para não se lesionarem e colocarem tudo a perder. Justamente no momento em que a corrida vai fazer mais diferença na vida da pessoa, que é após os 50, ela já não pode mais usar este meio para manter um bom nível de saúde, pois seu corpo não aguenta mais tanto estresse.
É preciso pôr na cabeça dos corredores que se corre hoje unicamente para poder correr amanhã. Se o esporte nos oferece o elixir da vida, por que então não agir com muito bom senso para poder correr para sempre? Eu digo isso porque faço isso há mais de 60 anos e sei como é delicioso. Então, meu querido leitor, aprenda a curtir esse momento único e fique sempre dentro de seu ritmo de conforto. Corra hoje, amanhã e sempre!
Nuno Cobra, nosso colunista, mostra que o seu corpo agradece quando você deixa preocupações, como o tempo, de lado
Se a corrida fornece aquele algo a mais em nossa vida, então por que não praticá-la por toda a nossa existência? Se ela nos faz tão bem, nos deixa tão dispostos e com sede de viver, por que não fazê-la de forma leve e prazerosa para não danificar nossas articulações e músculos?
Infelizmente, têm pessoas que ainda não entenderam bem o motivo que as leva a correr e não conseguem fazer isso sem afobação, em equilíbrio. Parece que sentem uma necessidade de se quebrar por inteiro, fazer do esporte um massacre ao seu corpo. Vejo nos parques as pessoas correndo desesperadamente, como se o importante fosse chegar à frente. Nas competições, então, é uma lástima. Elas não conseguem correr curtindo cada detalhe da prova ou cada momento daquele instante tão singular que a competição oferece. Parece que não estão lá para aproveitar aquele momento sagrado de oração ao corpo, mas sim para dar passadas que não se sustentam, atingir uma velocidade exagerada e ficar no sufoco, maltratando seu organismo e até mesmo deprimindo o próprio sistema imunológico.
Com exceção dos profissionais, que fazem isso por obrigação, os demais não devem procurar bater recordes. Correr muito rápido, acima de suas possibilidades, é um verdadeiro desastre. O atleta pode acabar tendo uma vida de corredor curta, porque dentro de no máximo dez ou 20 anos seu corpo estará completamente destruído.
As pessoas necessitam entender que correr é uma graça de Deus e que, portanto, devem ser mais responsáveis para não se lesionarem e colocarem tudo a perder. Justamente no momento em que a corrida vai fazer mais diferença na vida da pessoa, que é após os 50, ela já não pode mais usar este meio para manter um bom nível de saúde, pois seu corpo não aguenta mais tanto estresse.
É preciso pôr na cabeça dos corredores que se corre hoje unicamente para poder correr amanhã. Se o esporte nos oferece o elixir da vida, por que então não agir com muito bom senso para poder correr para sempre? Eu digo isso porque faço isso há mais de 60 anos e sei como é delicioso. Então, meu querido leitor, aprenda a curtir esse momento único e fique sempre dentro de seu ritmo de conforto. Corra hoje, amanhã e sempre!
texto de Nuno Cobra é treinador físico e mental e autor do best-seller "A semente da vitória". Assina também a coluna Chegada da revista O2 Por Minuto www.o2porminuto.com.br

segunda-feira, 16 de março de 2015

Caminhada x Corrida


Qual a sua opção:




CAMINHADA
CORRIDA
É a melhor opção para quem é sedentário e está iniciando uma atividade física.
Indicada para pessoas que têm aptidão e um melhor condicionamento físico.
Quem tem problemas articulares deve optar pela caminhada.
A corrida oferece maior instabilidade dos movimentos e pode agravar a lesão.
Melhor escolha se a intenção é apenas ser uma pessoa mais ativa.
Melhor opção se objetivo for emagrecer ou competir.
Menor gasto calórico se comparada à corrida em um mesmo período de tempo.
Maior gasto calórico se comparada à caminhada em um mesmo período de tempo.
Mais indicados para gestantes e pessoas com sobrepeso, pois o impacto nas articulações é menor.
Melhor para a prevenção da osteoporose, devido ao maior impacto sofrido pelos ossos.
É necessário um tempo maior de treinamento para atingir um gasto calórico considerável.
Atinge um alto gasto calórico em menor tempo que a caminhada.
Não exige um grande preparo muscular.
Um bom preparo muscular é imprescindível.
Poucas evidências quanto à melhoria da qualidade do sono.
Inquestionavelmente melhora a qualidade do sono

sexta-feira, 13 de março de 2015

Participe: Caminhada da Inclusão Social









No dia 22 de março (domingo), acontecer  a caminhada pela inclusão social, em comemoração ao dia internacional da Síndrome de Down, comemorado no dia 21 de março.

Participe com sua família e amigos!
Junte-se a nós no dia 22/03, às 15h em frente ao Parque das Dunas para comemorarmos juntos e mostrar a todos que deficiente é aquele que não sabe o verdadeiro significado da palavra amor.

Adquira sua camiseta da caminhada!
Valor:
- Adulto: RS 20,00
- Criança: RS 15,00

Contaremos com a presença de animadores para crianças, distribuições de água mineral, picolés, balas e pipocas. Tudo pra termos um domingo divertido em família.

Contatos (WhatsApp):
9985-3269 - Tetê
8726-7971 - Lorena
9604-7383 - Rafaela
9153-6154 - Mirna

quinta-feira, 12 de março de 2015